Área residencial de Kyoto

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

default Área residencial de Kyoto

Mensagem por Kazumi em Qui Out 09, 2014 1:24 am

Aqui fica uma das principais áreas residenciais de Kyoto, coberta por extensos tapetes de grama ao redor das casas, uma pequena praça tomando um curto espaço de terra. Aqui ficam às casas da maioria dos moradores de Kyoto.
avatar
Kazumi
Fallen Angel Leader
Fallen Angel Leader

Mensagens : 8
Data de inscrição : 08/10/2014

Ficha do personagem
HP:
0/0  (0/0)
MP:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Simon Stilinski em Ter Dez 30, 2014 1:19 am

Pedido: Um jovem decidiu realizar um banquete para sua namorada, só que ele é um desastre na cozinha, ensine ele a cozinhar.
Local: Kyoto
Numero de Linhas: 15 linhas
Recmpensa: 250 Yens

Pegava seu diário em cima da cama e começava a escrever como fora seu dia:
"Olá diário, sou eu, o idiota, vim só dizer que ainda escrevo em você por obrigação, mas vamos ao meu dia: Acordei tranquilamente irritado, com raiva de mim mesmo, peguei uma camisa vermelha que não usava a muito tempo, uma calça jeans de coloração azul, e recebi outro pedido, fui até a estação de trem e segui para Kyoto, meu trabalho era ensinar um garoto a cozinhar, bem, qualquer idiota sabe fazer alguma coisa na cozinha, mas pelo menos vou ganhar dinheiro, mas eu não sabia de nada romântico que eu pudesse fazer, nunca tive uma namorada, só alguns encontros fracassados. Ao chegar em Kyoto, segui para a casa do garoto, chegando lá, vi que a casa não era muito chamativa, tinha uma pitura branca e mais nada além das janelas de cor marrom e a porta de madeira simples, entrei pelo portão e bati na porta, uma sombra surgiu debaixo da porta e citou para mim:
-Você deve ser um demônio certo? ainda bem que você chegou, preciso aprender agora mesmo - Ele estava aflito, usava um avental rosa florido, um suéter azul e uma calça moletom de cor verde, além de seu penteado formando um topete em seu cabelo amarelo com mechas vermelhas, eu não demorei muito a responder:
-Vamos logo, não temos o dia todo, prazer, Simon! - disse enquanto invadia a casa dele, ele então me guiou até a cozinha, tinha que lhe ensinar todos os meus dons de cozinha - Primeira coisa, sempre preste atenção no sal, se achar vai ser pouco sal, coloque mais, mas se não tiver certeza, não coloque, lembre-se, sempre é melhor falar u pouco e temperar na hora de comer do que exagerar e não poder reduzir depois. - Abri a geladeira e vi um frango inteiro, porém só o corpo, vou lhe ensinar a fazer Frango Aprecialle recheado e arroz japonês. Primeiro, você pega a margarina, o frango, sal, 1 cebola picada e galhos de manjericão, agora, você pega o frango, retira os miúdos, lave-o com água e limão - estava surpreso por ter todos os ingrediente - em seguida, seque o frango com uma toalha de pano e passe a margarina por dentro e por fora, colocar em uma assadeira, adicione a cebola inteira e os galhos de alecrim e manjericão no interior do frango com um cubinho de margarina, leve para assar em forno médio até começar a dourar mais ou menos 40 minutos, aumente o forno para o máximo para dourar e ficar crocante. Agora vamos ao arroz enquanto assa: pegue, para o arroz: 2 copos de 200ml de arroz para Sushi, 2 copos de 200ml de água; e para o molho: 80 ml de vinagre de arroz ou tempero para Sushi, 40 g de açúcar refinado, 8 ml de saque culinário ou seco, 4 g de sal, Misture e leve os ingredientes do molho em fogo baixo somente para diluir o açúcar, reserve-o, lave o arroz 3 vezes e deixe descansando no escorredor por 15 minutos, coloque em uma panela de modo que ocupe entre 1/3 e metade de sua altura, coloque a água, tampe bem a panela e deixe em fogo alto - Dei enfase no tampar bem. - Quando o vapor começar a sair pela panela, coloque em fogo baixo por 5 minutos, desligue e manter a panela fechada por 15 minutos, despeje o arroz em um recipiente largo não metálico, nesse estado o arroz se chama Gohan, coloque aos poucos o molho, misturando e "cortando" o arroz e abanando-o e ele deve estar quente. Agora é chamado de Shari, depois de pronto arroz deve ser guardado fora da geladeira e tem validade de 3 dias. faça essa receita para sua namorada e vocês irão gosta - Finalmente terminei de ensina-lo, ele me deu minha recompensa e eu voltei para a cidade, o garoto não foi tão idiota, ele me escutou, mas foi demorado e aqui estou eu, novamente escrevendo" Terminava de escrever e guardava o diário na gaveta.
avatar
Simon Stilinski
Rank Médio
Rank Médio

Mensagens : 151
Data de inscrição : 24/12/2014

Ficha do personagem
HP:
2000/2000  (2000/2000)
MP:
2000/2000  (2000/2000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Niklaus Gremory em Ter Dez 30, 2014 9:12 am

Linhas : 25
Recompensa: 250,00Yens + 60,00 Acréscimo = 310,00 Yens

_________________




The Gremory Nekomata Eye
avatar
Niklaus Gremory
Rank Very Hight
Rank Very Hight

Mensagens : 317
Data de inscrição : 19/12/2014

Ficha do personagem
HP:
5600/5600  (5600/5600)
MP:
5600/5600  (5600/5600)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Simon Stilinski em Qua Dez 31, 2014 1:42 am

Pedido: Cuide do Anônimo. Este pedido é de dificuldade, pois é necessária a busca. E depois a entrega de uma pessoa perdida, que sofreu de amnésia, ou seja, nem sabe quem é. Tentaram encaixá-lo no hospital, mas não sobraram vagas para a área de Amnésia e por desespero a pessoa sumiu.
Local: Qualquer Local em Kyoto
Nº de Linhas: 25
Recompensa: 400,00 Yens


Simon acorda de manhã, coloca sua roupa da escola, ao chegar no clube de pesquisas ocultas, ele recebe a noticia de que haviam recebido um pedido e que ele precisava ir, então, Simon começa a correr até a estação de trem, a missão dessa vez era mais rápido, ele só tinha que encontrar uma pessoa, uma pessoa com amnésia e que ninguém o conhecia, seria fácil, tirando o fato de que não tinha uma unica alma que tivesse ideia de onde ele poderia ir.
Chegando em Kyoto, Simon foi atrás de quem havia lhe contratado, o homem que havia lhe contratado, era alto, tinha uma barba por fazer branca, seus cabelos curtos também era branco e olhos de cor negra, ele era ferreiro, tinha músculos muito grandes, provavelmente por mexer com o ferro o dia inteiro, estava usando uma camisa de cor verde água e uma calça moletom das cores do exército, assim como também usava uma bota e cincos pretos de couro, quando Simon entrou para falar com o homem ele o abordou com uma voz grossa:
-Eu já sei quem você é, sou Erick, o homem que você deve procurar não deve ser muito velho, aparenta ter 15 ou 16 anos. - O homem praticamente expulsou Simon de lá após apontar para frente onde supostamente o garoto havia ido, então Simon passou batendo de porta em porta procurando o garoto, sem sucesso, até que chegou em um bar, onde lhe disseram que haviam o visto, o garoto havia seguido para a direita de onde Simon estava, Simon não esperou muito para seguir correndo até o local. Ele estava irritado já, "aquele garoto poderia não ter ido tão longe" pensava consigo. Ao dobrar a rua, percebeu que ela não tinha saída, mas que um garoto estava lá, protegido pelas asas de um anjo, ou melhor, as asas dele, o garoto era um anjo caído com amnésia e que estava chorando, ele estava usando uma camisa branca grande o suficiente para cobrir até metade da coxa dele, o que fazia com que cobrisse a parte de baixo do seu corpo, onde estava nu. Simon se aproxima e fala para o garoto:
-Não tenha medo, vim para lhe ajudar, não quero te machucar e não vou deixar ninguém lhe machucar. - O acalmava, enquanto o garoto começava a parar de chorar - Venha, vamos comprar umas roupas para você - dizia enquanto ele subia nas costas de Simon - Esconda suas asas e vamos. - Foi o que o garoto fez, não havia ninguém que pudesse ver o anjo, exceto outro anjo caído que chegou, vestido em um macacão cor de rosa dizendo:
-Vocês não vão a lugar nenhum, ele é meu anjo e vamos voltar para a igreja de onde viemos - Dizia com raiva - Se você se atrever a tira-lo de mim irei lhe matar - Simon descia o garoto de suas costas e fez um sinal para que a anja viesse, a anja não demorou muito, criou uma lança de luz em sua mão e veio em uma velocidade surpreendente para cima de Simon, o garoto havia se afastado com seus cabelos loiros, mas seus olhos que antes eram marrons, se tornaram agora em um dourado brilhante, sua face era de como se tivesse se lembrado de algo. A anja com seus cabelos e olhos negros, foi direto no chão, pois Simon havia se desviado dela, mas, uma luz acertou a anja, Simon olhou para a fonte da luz, vinha da mão do garoto que estava com os olhos brilhando:
-Obrigado por me ajudar a lembrar quem eu sou, meu nome é Miguel e sou um anjo que caiu mas continua seguindo as regras de deus, perdi a memória porque a um tempo atrás eu caí pois minhas asas quebraram, mas elas já se curaram, agora, preciso ir. - Simon o convenceu a ir até o ferreiro junto dele para que ele possa receber a recompensa, e foi o que fizeram. Simon, após receber sua recompensa, voltou para a escola e começou a escrever em seu diário os ocorridos do dia.
avatar
Simon Stilinski
Rank Médio
Rank Médio

Mensagens : 151
Data de inscrição : 24/12/2014

Ficha do personagem
HP:
2000/2000  (2000/2000)
MP:
2000/2000  (2000/2000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Niklaus Gremory em Qua Dez 31, 2014 11:07 am

Linhas : 28
Recompensa: 400,00 Yens 

_________________




The Gremory Nekomata Eye
avatar
Niklaus Gremory
Rank Very Hight
Rank Very Hight

Mensagens : 317
Data de inscrição : 19/12/2014

Ficha do personagem
HP:
5600/5600  (5600/5600)
MP:
5600/5600  (5600/5600)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Kuroka Toujou em Sex Jan 09, 2015 8:40 pm

Pedido: Achar um anel para uma senhora, que se assustou ao ver uma e não sonseguiu achá-lo.
Nº de Linhas:17
Local: Qualquer Lugar em Kyoto




Era o primeiro dia de Kuroka no seu novo emprego, ela estava realizando tarefas, mais conhecidas como pedidos, mas esse termo é usado para demônios e, por consequência da vida, Kuroka odeia demônios, mas precisava de alguns Yens, então esse era o método mais "puro" para se conseguir dinheiro rápido. 


Por se trajar de forma chamativa, todos os homens não casados e os casados pervertidos, sempre ficavam a babar quando a via perambular pelas ruas da cidade. 


Este local em sua primeira missão, era um pouco longe, porém era a primeira e a garota podia ir a pé, então não havia problemas em esticar as pernas e ir. 


Ao chegar na mansão da senhora, sua cliente nessa missão, Kuroka ajeita seu decote e sobe os degraus da escadaria principal da moradia, logo que chega a porta, a mesma toca a campainha e escuta o soar de quatro sinos, pelo modo como soavam, eles adentravam os cômodos. Era realmente uma mansão...


Assim que a governanta abre a porta, Kuroka não perde a pose, então recebe a reverência e vai até a sua cliente, pela qual ficou surpresa, ela não estava vestida como se fosse uma mulher podre de rica , mas sim como uma mulher com dinheiro que desse para viver em boas condições, em outras palavras, ela não era uma perua e inconsequente... 


- Senhora Cliente, qual o motivo deste pedido simples? Se você possui tantos empregados para procurar? - 


- Eu não confiaria neles para isso, principalmente no momento de agora, mas o real motivo é por que tem... tem uma coisa. Onde o anel rolou. Você verá. - 


E então, dando de ombros, Kuroka foi ao cômodo onde a senhora havia perdido o anel. Era um quarto cheio de coisas. Na parede a esquerda, existe uma porta. Tal porta dava para o local onde o anel havia rolado. E então a garota Nekoshou sentiu uma intenção perigosa a vir de trás da porta, logo a mesma a abriu... E encontrou lá algumas coisas. Na realidade itens de sadomasoquismo e fotos de familiares da senhora utilizando-os, tinha até um manequim nu, e isso foi o que havia assustado a senhora e o motivo de sua vergonha. Kuroka foi ao quarto e procurou o anel, mas continuou sentindo a presença perigosa, mas logo a mesma achou o anel e saiu do cômodo. E assim que pegou sua recompensa, adentrou em seu modo Shirone e foi para o teto da casa. Dentro da mansão havia um selo magico com uma maldição, mas isso estava fora do pedido... E pelo sorriso sarcástico da senhora... Ela sabia o que acontecia ali. 

_________________
avatar
Kuroka Toujou
Rank Médio
Rank Médio

Mensagens : 26
Data de inscrição : 09/01/2015

Ficha do personagem
HP:
2000/2000  (2000/2000)
MP:
2000/2000  (2000/2000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Simon Stilinski em Sab Jan 10, 2015 12:32 pm

Linhas: 17
Recompensa: 200 + 50= 250

(Curti o quarto safado quando disse que tu decidia o que ela viu eu não imaginei que seria algo assim e.e)
avatar
Simon Stilinski
Rank Médio
Rank Médio

Mensagens : 151
Data de inscrição : 24/12/2014

Ficha do personagem
HP:
2000/2000  (2000/2000)
MP:
2000/2000  (2000/2000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Niklaus Gremory em Dom Jan 11, 2015 7:37 am

Pedido: um gato desapareceu em kyoto, ache ele pra dona

LOCAL:kyoto
Numero de linhas: 20
Valor:250, 00 yens



Eram quatro horas e trinta e cinquenta e seis minutos da manhã, quando Niklaus, um garoto demônio, estava indo em direção de alguns prédios de Kyoto. Ele estava indo para o local, para efetuar um pedido. Por ser um demônio, o mesmo tem de fazer os pedidos a ele postos, para que o reconhecimento do se clã seja maior.




Desta vez o mesmo estava numa área distante da qual ele costuma atuar, mas se o pedido foi enviado a ele é por que não se temdemônios o suficiente naquela área ou os de lá não puderam fazer o que a cliente deseja. Sim, a cliente. Ela é uma senhora rica na área de Kyoto, mas ela não demonstra isso. E por mais que Niklaus já a conheça a muito tempo, chama-lo assim poderia causar danos a ambos, mas o que parece é que ninguém estava interessado no pedido, já que era para encontrar um gato...




Kounoichi Mimo, nome do gato, abreviado para mimo, um gato veho porém muito ágil, quase chegando a não ser normal. Ele possui oito anos com a velha senhora Pounn. Eles têm uma relação de dependência e, por algum motivo, Mimo sumiu e não voltou, após cinco dias de sumiço a dona fez o pedido.




Chegando a casa da Senhora Pounn, Niklaus bate na porta, mas não foi preciso repetir, na primeira batida a Senhora Pounn abriu a porta, se ela não fosse baixa iria levar um soco, de batida de porta, no meio do nariz.




 - Garoto Gremory é bom ver que você está crescendo. Já tem seus próprios escravos e está no nível High. – Falou a Senhora com uma forma bem entusiasmada, mas logo virou seu olhar para trás do garoto e viu o retrato de mimo, então quase se pôs a chorar, mas logo disse: - Recupere meu mimo. Ele estava aqui em casa, a culpa é minha. E-Eu não lhe dei atenção e ele fugiu, mas ele não é um gato de rua e nem sabe se virar, ele vai morrer lá se você não acha-lo. A ultima vez que o viram ele estvava perto do parque a duas quadras daqui, ache-o pra mim, Gremory-san.-




- Obrigado, e era isso mesmo o que eu queria saber. Agora irei rondar por ai, vou ver se encontro logo ele, mas não irei dar cem por cento de certeza, porém eu espero o melhor... –




E então Niklaus saiu da casa da senhora e foi para uma rua baixa perto do parque, sabendo que mimo deveria estar sujo e com frio e fome, Niklaus começou a se preocupar com o pedido, ele havia vindo de muito longe para não receber recompensa alguma por conta de um gato que morreu, mas antes de concluir seu pensamento, ele vê a cena que não esperava. Mimo, o gato do retrato, estava ali roçando em seus pés, ele estava num estado normal, porém fedorento. Mimo estava com uma menininha, ela se chama Allie Shopatsu. A menina começou a explicar como tinha achado o gato, dado comida, lar e diversão a Mimo, mas Niklaus a interrompeu para leva-la a casa da senhora Pounn. E chegando ao local, ambas, senhora e menina, começam a chorar uma para a outra e acabaram resolvendo que o Mimo iria morar na mansão, mas Allie iria lá todos os dias brincar com ele. Niklaus aproveitou a situação para receber e ir embora logo, assim que saia da casa da Senhora Pounn, o mesmo sobrevoava com alta velocidade toda Kyoto, que deveria estar o vendo como uma estrela cadente.

_________________




The Gremory Nekomata Eye
avatar
Niklaus Gremory
Rank Very Hight
Rank Very Hight

Mensagens : 317
Data de inscrição : 19/12/2014

Ficha do personagem
HP:
5600/5600  (5600/5600)
MP:
5600/5600  (5600/5600)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Kuroka Toujou em Dom Jan 11, 2015 4:15 pm

Pedido: Ajude uma senhora a plantar cebolinhas chinesas em seu quintal, além disso ela quer que você faça 3 bonsai para ela. Lembre-se, existem requisitos para plantar ambos, caso contrário não virá a plantação e o bonsai morrerá. Faça o que for preciso para que as plantas venham.

Local: Residências de Kyoto
n• de linhas: 15
recompensa: 100,00¥
 
Kuroka estava muito feliz com o seu novo pedido. Era um pedido peculiar, porém estava próximo de sua casa e era para fazer algo que ela gostava de ver muito: plantar algumas plantas, o que ela fazia quando estava sem qualquer tipo coisa a fazer, então estava um pouco inspirada e, provavelmente, iria dar uma aula de cultivo às plantas. Kuroka não iria levar nenhum de seus materiais, já era um pedido feito pela senhora Gyuui, ela iria ter condições suficientes para ter tudo o que for necessário, até porque o jardim dela está como o melhor jardim da cidade, por três anos seguidos.
 
Chegando a casa da família Gyuui, a garota nekomata se posiciona e toca a campainha. Ela estava pronta, mas estava com medo de ser julgada pelo seu decote, mas a família Gyuui é muito respeitada, então não deveria ter problemas com uma veste simplória como a que estava a garota, sendo ela: um vestido mega decotado com uma espécie de “V” circular e suspensório, por dentro, ela prendia tudo aquilo com o seu sinto/faixa na cintura de cor preta, o vestido era de um preto mais luminoso que o cinto, mas fora isso era uma veste normal para uma jovem não colegial, na cidade.
 
Entrando na casa dos Gyuui, Kuroka se senta, conforme pedido pelo servente da casa, logo ela é recebida por um garoto, não muito velho, o mesmo era bem fofo e bonito, olhos claros e com cabelos bem negros. Quando o mesmo prestou atenção em Kuroka teve uma hemorragia nasal instantaneamente. Estava corado e não parava de olhar os seios dela, mas logo a mesma levantou-se, de forma sexy para que seus seios balançassem de forma leve e graciosa, pela qual fez o garoto quase desmaiar. E então, quando recobrou o senso de realidade, o garoto levou Kuroka até o quintal, onde estava a Senhora Gyuui, ela estava a plantar algumas coisas, sendo que seu quintal estava vazio. Não havia nenhuma planta, somente montes, os quais a mesma acabara de plantar sementes.
 
- Olá. Você deve ser a garota demônio que eu chamei para me ajudar. Sou Gyuui Yoona, prazer. –
 
Ao ouvir o que a mulher citou, as orelhas de Kuroka se alteraram e os seus olhos brilharam com o ódio, logo a mesma citou, quando ela acalmou-se:
 
- Senhora Gyuui, sou uma Nekomata, não uma demônio, mas sou muito melhor que um demônio. Não me dou bem com demônios. Mas estou aqui sim, sou Kuroka. E Irei, com a senhora, plantar suas Allium tuberosum e bonsais. –
 
A Senhora deu um sorriso e apontou para uma parte do vasto quintal onde estavam os vasos para os bonsais e as mudas, tinham até enraizadores, para acelerar o processo do crescimento das raízes para fixação do bonsai.
 
Logo que começam a se organizar, Kuroka entrou em seu modo Shirone e procurou por intenções boas no solo, então a mesma citou para a senhora os melhores locais para os bonsais, mas também procurou para as cebolinhas chinesas, que iriam servir para enfeitar e dar frutos no futuro.
 
Com os vasos e as mudas grandes foi fácil para organizar, pois não era necessário o corte, apenas cavar um pouco e por o substrato sobre a tela posta no fundo do vaso, o qual era posto sobre uma vasilha quadrangular que era o local onde ficaria a irrigação do mesmo. Como já haviam colocado quatro fileiras de bonsais em vertical, assim como, a senhora queria. A garota nekoshou, ainda na forma Shirone, começa a procurar pelas melhores energias para o plantio das cebolinhas chinesas, as quais eram sementes que precisariam de um bom clima para o plantio.
 
- Aqui, em Kyoto, o clima é ameno e isso é ótimo, pois suas Alliem tuberosum vão crescer bem e fortes. Vamos plantá-las aqui em circulo e ao redor dos bonsais do centro, pois, além de serem plantas que toleram alguns tipos de solos e de potenciais de acidez, elas precisam de solos bem úmidos e de luz, todos os dias, por isso foram escolhas excelentes para união num quintal. Ficará lindo. –
 
- Sim, ficará mesmo. Sabe? Eu sou decoradora e já estou vendo tudo em minha mente. Eu sou tricampeã como o melhor jardim, mas nunca ganhei o melhor quintal, pois sempre falam que as coisas que eu planto são do tipo para jardim e não para quintal, por isso pedi sua ajuda. E está valendo cada centavo que irei te dar. –
 
Com esse reconhecimento, Kuroka sorriu e continuou a plantar as cebolinhas com a senhora. E logo o quintal estava rodeado de plantas e morrinhos com sementes. As cebolinhas estavam a ponto de chocar, então em três dias já estarão a folhear e com o sol em, até sete dias, já estarão floridas. Quando Kuroka explicou o que fariam com os bonsais menores, a senhora teve alguns questionamentos, mas logo foi aceitando tudo da forma que deveria, já que ela não tanta experiência com a botânica para quintais.
 
- Com estes, nós iremos montar os vasos, com a tela de proteção para o substrato não descer e teremos que atar os bonsais, mas para atá-los deveremos, antes, podá-los no nível correto, senão eles morrerão ou não ficarão fixos. –
 
Com a explicação de Kuroka, a senhora Gyuui fez igual ao que ela havia falado. As raízes dos bonsais estavam de bom tamanho, a poda seria reduzida a quase nada, então, após quase uma hora, o avental de Kuroka e as luvas, que teve de vestir após os primeiros bonsais, estavam melados e com isso a mesma se sentiu realizada. E ao terminar a mesma foi convidada para jantar com a família, mas ela preferia não. Não queria ver os outros filhos de Yoona, segundo ela, são sete filhos, com quase a mesma idade, e o que trouxe Kuroka era o mais novo, e com certeza deveriam ter o mesmo nível de perversão.   Então, Kuroka pegou sua recompensa, elogiou a senhora por ser educada e falou que poderia fazer mais pedidos deste tipo, então saiu da casa e retornou a sua.

_________________
avatar
Kuroka Toujou
Rank Médio
Rank Médio

Mensagens : 26
Data de inscrição : 09/01/2015

Ficha do personagem
HP:
2000/2000  (2000/2000)
MP:
2000/2000  (2000/2000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Simon Stilinski em Seg Jan 12, 2015 1:10 am

Nik: 250,00 + 20,00 = 270,00 Y
Kuroka: 100,00 + 750 = 850,00 Y

_________________
Sacrifícios são necessários para concretizar o bem maior, mesmo que venda sua alma.

Simon Stilinski
avatar
Simon Stilinski
Rank Médio
Rank Médio

Mensagens : 151
Data de inscrição : 24/12/2014

Ficha do personagem
HP:
2000/2000  (2000/2000)
MP:
2000/2000  (2000/2000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Simon Stilinski em Ter Jan 13, 2015 8:03 pm

pedido: mantenha a filha do perfeito a salvo. Alguns anjos caídos de classe Baixa querem pega-la.
Local: Residências de kyoto
N° de linhas: 40
Recompensa:  750,00

Simon estava em seu quarto, somente coberto por um lençol branco quando decide escrever:
“Olá diário, vim lhe contar o que aconteceu hoje.” Sua personalidade estava pouco a pouco mudando “Eu passei a madrugada em claro, havia recebido um pedido no meio da noite. Um homem, havia pedido para que eu acompanhasse uma garota por 3 dias”.
Simon não sabia se escreveria o que aconteceu, afinal, ele nunca havia feito um pedido como esse, não sabia se era normal acontecer.
“Mas vou do inicio: Três dias atrás, eu acordei normalmente, estava sozinho em meu quarto, ele parecia muito maior do que era, a sensação de solidão não me deixava, levantei de minha cama, abri totalmente a janela, sorte que não tinha ninguém na rua, pois eu estava totalmente nu. Vesti uma camisa social branca e uma calça branca, fui até a cozinha e fritei uma fatia de bacon e dois ovos. Preparei um cappuccino e me alimentei, matou minha fome. Então fui para o colégio normalmente, nada aconteceu até ai, as aulas foram comuns, tive biologia, história e física, depois fui para o clube, no clube não havia ninguém, eu fiquei sozinho por muito tempo, até que Niklaus chegou e falou:
-Olá – me cumprimentou e eu o respondi na mesma tonalidade, serio e educado, em seguida, ele continuou – Tenho um pedido muito importante para você. O prefeito fez um pedido, a filha dele esta correndo risco, foi atacada por anjos caídos – me assustei – mas ela esta bem, mas ele precisa de uma escolta para ela até um navio, ela sairá em alguns dias da cidade, você precisa escolta-la, serão três dias, você não virá para cá, ficará com ela o tempo todo em todo canto, protegerá ela dos anjos caídos até o dia do embarque, nesses dias você estará “Doente” sua missão começa agora – Eu estava totalmente deitado no sofá do clube, mas assim que ele disse que minha missão começava, pulei do sofá quase caindo, e sorri respondendo:
- Sim, Senhor. Farei tudo como ordenado. – Minhas emoções eram simples tédio e ao mesmo tempo orgulhoso de si pela missão.
Eu cheguei finalmente a casa do prefeito, após uma longa viagem até kyoto, de madrugada. Fui abordado por dois guardas que sussurraram em meu ouvido, em seguida, entrei na mansão acompanhado pelos dois homens, que, dentro da mansão, foram cada um para um lado e me mandaram ir até a escada em minha frente e entrar na segunda porta a esquerda, foi o que fiz, abri lentamente a porta e entrei, o quarto estava escuro, quando a voz de uma garotinha me ordenou:
-Acenda a luz e não faça movimentos bruscos. – Ela me alertou como se eu estivesse indo ver um animal e foi o que mais me assustou, mas quando a luz começou a se propagar pela sala, pude ver, a garota de cabelos verdes acinzentados com uma boina verde com branco, um vestido verde com babados brancos com babados de cor verde e um laço vermelho entre os seios sentada no chão, ela parecia ter 8 ou 9 anos mas ja tinha seios. Ela estava agarrada a um ursinho de cor marrom, me aproximei com cuidado e toquei em sua cabeça após me sentar ao seu lado, ela ficou vermelha e me deu um tapa enquanto dizia:
-Eu não te dei autoridade para me tocar – suas palavras valeram como outro tapa e então eu respondi envergonhado:
-Me desculpe, não era a intenção, eu só- - a garota me interrompeu falando:
-Suas desculpas são desnecessárias, só fique em silencio – Concordei enquanto me silenciava, mas não muito tempo depois eu disse e ela me olhou com uma cara de raiva ao mesmo tempo:
-Tudo bem que você foi atacada por anjos caídos, mas não precisa se fechar aqui até o dia de ir embora – Ela olhou pra mim e disse:
-É verdade, por isso não estou fachada aqui por causa disso. – Ela se levantou pela primeira vez e pude ver que ela era mais baixa do que aparentava. enquanto que no chão ela mostrava sua calcinha branca na parte da frente, de pé eu consegui ver toda a calcinha dela por baixo do vestido. Desviei o olhar corado e ela começou a se despir, ficando somente de calcinha e sutiã, ela foi até o guarda-roupa e pegou outro vestido, dessa vez, era mais simples, era de cor preta e se prendia atrás por um zíper que a garota não conseguiu alcançar, no momento que a garota virou para trás, eu virei o rosto para o lado de forma a não vê-la com um olhar que parecesse pervertido. O outro tapa considerado, a garota disse olhando para mim do outro lado do quarto:
-Você esta sendo pago para ficar de olho em mim 24 horas. Não vire seu rosto nem tire os olhos de mim novamente – A minha alma novamente fora manchada, e meu rosto deixou de ficar corado. – Se aproxime e feche meu zíper – Me aproximei e pude ver nos ombros da garota uma marca muito familiar, a marca de minha mestra e eu comecei:
-Essa marca... – A menina se virou jogando seus cabelos em meu rosto e citando:
-Dizem que é a marca de minha mãe, eu fui adotada – pela primeira vez a vi sorrindo – Aproposito, meu nome é Kagura , temos que ir agora, temos que esperar no navio até amanhã – Não havia percebido, estava amanhecendo. Ela me disse que as malas seriam entregues lá assim que desse a hora do embarque. Chegando na metade do caminho que tudo aconteceu. 3 Anjos caídos estavam sobrevoando nós dois, e um a um foram descendo até pararem todos  em fila, a garota simplesmente sussurrou:
-São esses... – Essas palavras bastaram para que eu invocasse minhas espadas e fosse em direção  a um deles, os outros dois surgiram criando uma barreira de magia, me fazendo acertar a barreira com uma de minhas espadas e não o anjo, em seguida, a barreira se desfez e consegui acertar um deles que estava no meio no pescoço, mas ainda faltavam 2, então dei uma cotovelada no da direita e um chute no da esquerda, usei a cotovelada para ganhar impulso enquanto ia em direção ao cara que estava a minha esquerda e enfiei minhas duas espadas, uma no ombro direito e outra no coração, retirei rapidamente a espada e girei para cortar o cara que estava atrás de mim que já havia se recuperado da cotovelada e vinha em minha direção me a tacar, assim o cortei em seu peito, e disse a garota para irmos, e então seguimos até o navio onde fiquei esperando até o desembarque com a garota, no fim não foram três dias, foi somente 1 e algumas horas.” Simon fechou seu diário e o recostou ao lado.
avatar
Simon Stilinski
Rank Médio
Rank Médio

Mensagens : 151
Data de inscrição : 24/12/2014

Ficha do personagem
HP:
2000/2000  (2000/2000)
MP:
2000/2000  (2000/2000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Terrier Makoto S. em Qua Jan 14, 2015 10:00 am

Pedido: Cozinhar coelhos para um casal EM seu aniversário de namoro.  Deverá captura-los e coze-los.
Local: Residências de Kyoto
N• de linhas: 20
recompensa:  300,00¥

Sou Terrier Makoto Sitri, herdeiro masculino do clã Sitri, um nobre clã de demônios, meu trabalho para com o meu clã Irã começar no dia de hoje, preciso selar contratos com seres humanos, no momento tenho a capacidade de atender a pedidos simples e ainda não sou capaz de criar as Evil Pieces, item necessário para que posso obter meus escravos demônios, então como forma de aumentar meu poder e meu reconhecimento tenho de ser eficiente em meus serviços, por pertencer a um clã de demônios de puro sangue, mesmo tendo baixo poder sou capaz de utilizar os círculos de teleporte e foi assim que materializei na casa de meus primeiros clientes por assim dizer, minha aparência lhes surpreendeu uma vez que era similar a um humano e utiliza roupas mais parecidas com uma fantasia.

- Sou Terrier Makoto Sitri, prazer em conhecê-los, tolos humanos que invocaram um demônio.

-Ele veio mesmo! Que ótimo, o nosso pedido é simples, desejamos ter um jantar especial e para isso queremos um prato exótico, porém nem eu nem minha esposa sabemos como fazê-lo e onde encontrar os ingredientes... queremos experimentar algum prato que contenha coelho.

- Hein?! Mas eles são tão bonitinhos, não quero machucar coelhinhos, coitados...

- Você não é um demônio? Como pode ter receio de matar um simples animal?

- Hã? Ah sim claro, sou um demônio, esqueci disso. Muito bem, mesmo que isso doa o coração, se é para fazer eu farei bem feito, a qualquer momento retorno com o coelho e os ingredientes, só não garanto a qualidade da comida. Very Happy

Dito isso, deixa a casa da mesma forma que entrei, através de um círculo mágico, não retornei ao meu ponto de partida, mas sim ao exterior da casa e então comecei a caminhar pela rua enquanto pensava onde poderia encontrar coelhos frescos, meu andar relembrava a uma marcha militar enquanto que os braços balançavam-se como os de uma criança alegre e durante o caminho ia cantarolando para passar o tempo, em meio a uma área residencial encontrar um coelho era uma tarefa complicado, considerando que se eu roubasse o coelho de estimação de alguém o casal cujo pedido eu estava atendendo seria culpado por meu furto e talvez nunca chamassem um demônio do clã Sitri. Ao passar próximo a uma residência tive a gigantesca sorte de ouvir uma conversa entre pais e filho pouco antes do mesmo ir para a cama, o garoto de apenas dez anos estava sendo elogiado por ter tornado-se o responsável por cuidar dos animais da escola, me perguntei: e porque não? Materializei-me no quarto do garoto que logo me perguntou.

- Quem é você?

- Sou um espírito, vim pedir a sua ajuda, um dos animais que está em seu colégio não mais deveria estar por aqui, ele é um espírito fugitivo e recebi a missão de levá-lo de volta aos céus, mas para isso preciso de sua ajuda, não posso entrar sozinho na gaiola dos coelhos e buscá-lo, somente quem tem a chave da gaiola é quem pode.

- Hmpf! Se vira, o trabalho é seu e não meu, além disso não posso te deixar levar um dos animais de meu colégio. Boa noite.

- Como é que é? Ah, mas eu só queria ter um amigo pra brincar, meu coelho de estimação já reencarnou e estou me sentindo sozinho, queria outro pra mim. Buaaaaaah! Buaaaaah! Buaaaah!

- Ta bom, ta bom, se você for me deixar em paz e parar de chorar eu te aju...

- Sério?! Não sei nem como te agrade...

- Pode começar me trazendo um vídeo-game novo, quando fizer isso eu te ajudo.

Aquele garoto era muito chato, mas eu não tinha muito escolha, invadi uma loja de eletrônicos e roubei um Playstion 4 para ele e retornei ao seu quarto.

- BLASTOOOOOOOOOISEEEEEEEE! Eu sempre quis um desses, te ajudo no que precisar. apocalypso

- Ótimo, prepare-se então, vamos pular!

Um círculo vermelho apareceu sobre nossos pés e comigo segurei o garoto e saltamos para o seu colégio, a chave estava em seu pescoço presa como um colar, ele abriu a gaiola e eu logo entrei, devo admitir, foi um desafio pegar um daqueles coelhos, eles corriam de um lado pro outro sem parar, levou alguns minutos para que eu conseguisse capturar um, logo que consegui deixei a gaiola e fui falar com o garoto.

- Obrigado por sua ajuda, agora preciso ir.

- Espera, não vai me levar pra casa primeiro?

- Em algum momento eu disse que ia te levar pra casa? Não né, então se vira, tchau. Linda

Novamente saltei e dessa vez para minha casa, já estava me cansando de fazer isso, por sorte sabia onde encontrar alguns deliciosos ingredientes para misturar com o coelho em um local próximo de minha casa, considerando que tirar os pelos do coelho ia ser trabalhoso, liguei o fogão e o coloquei de molho numa enorme panela que possuía, assim quando ele estivesse cozido seria fácil retirar seus pelos, deixei a panela ligada sabendo que levaria um tempo para que o coelho falecesse e ficasse bem cozido. Saindo de casa desci quatro quadras e lá avistei a boca de fumo que se localiza próximo a minha casa.

- Com licença, eu gostaria de obter algumas ervas, vocês me poderiam me dizer onde posso encontrar?

- É só comprar, o preço está bom, aproveite.

- Desculpe mas, você entendeu errado, eu não vou comprar suas ervas...

- Quer mesmo encarar?

- A pergunta é, já lidou com um demônio?

Não tenho certeza do que fiz depois, só sei que consegui uns ótimos ingredientes com aqueles caras, voltei para casa e ao chegar lá o coelho já estava no ponto, coloquei uma tampa sobre a panela e comecei a sacudir a mesma, uma técnica antiga que havia aprendido com minha família, de seguida peguei outra panela e penerei a água, separando os pelos da carne do coelho, peguei a carne e coloquei de volta na água, as ervas então adicionei, tratavam-se de algumas folhas de coca uma planta medicinal, ao menos foi o que ouvi falar. Com o coelho preparado o coloquei em uma forma e saltei para a casa de meus clientes.

- Aqui está, eu chamo de... Coelho das viagens, meu um trabalhão para cozinhar ele.

- Muito obrigado, por hora isso é tudo, se precisarmos novamente de você chamaremos.

- Mas claro, afinal de contas temos um contrato agora.

Retornei para casa onde me atirei no sofá cansado de tanto usar a pouco magia que tenho.

- Hihihihi! Só sei que eles vão ficar bem alegres depois de comer aquele meu prato, duvido que eles não peçam para fazê-lo novamente. Hihihihi!
avatar
Terrier Makoto S.
Rank Baixo
Rank Baixo

Mensagens : 14
Data de inscrição : 11/01/2015
Idade : 20

Ficha do personagem
HP:
1000/1000  (1000/1000)
MP:
1000/1000  (1000/1000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Niklaus Gremory em Qua Jan 14, 2015 10:06 am

Simon:
Linhas: 51
Recompensa: 750,00 + 40,00 = 790,00Yens


Terrier:
Linhas: 56
Recompensa: 300,00 + 810,00(Acréscimos) = 1.110Yens

_________________




The Gremory Nekomata Eye
avatar
Niklaus Gremory
Rank Very Hight
Rank Very Hight

Mensagens : 317
Data de inscrição : 19/12/2014

Ficha do personagem
HP:
5600/5600  (5600/5600)
MP:
5600/5600  (5600/5600)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Kuroka Toujou em Qui Jan 15, 2015 2:25 pm

Pedido: Sua missão é ensinar um garoto a dançar de forma sexy para impressionar a namorada que quer que ele dance para ela, rápido, a noite a namorada chega a casa dele e ela é muito ciumenta, se a ver na casa dela ela pode até terminar com ele.

Local: Residencias de Kyoto
Nº de Linhas: 20
Recompensa: 250,00Yens
 
Kuroka estava maravilhada pela visão do anjo daquela senhora, ela irá sempre ser grata a ele por trazer a vida a Colina e área florestal. E então, por estar de bem com a vida, a garota Youkai decidi continuar em Kyoto, sabia que iria ganhar algum dinheiro lá. Estava precisando e já havia juntado uma parte do que precisa. Logo a mesma somente iria precisar de mais um pouco para sobressair o dano e poder viver sem preocupações, pelo menos, por um mês.


Kuroka estava com três pedidos para a noite, mas recebeu um onde o cliente a desejava pela manhã e durante toda a tarde. Era realmente estranho, mas segurar Kuroka durante o dia poderia ser uma boa ideia, já que ela não tinha nada para fazer durante o seu dia em Kyoto, não mora lá, não tem amigos lá, apenas seu posto para pedidos e só, assim a mesma vai logo ao seu cliente do dia.


A casa do cliente era simples, ele também não parecia muito rico ou bonito, apenas um cara jovem. Por algum motivo forte ele não ficou secando Kuroka todos os segundos. Ela se perguntara se ele era gay ou casado, mas estava mais para a primeira opção, porém ela não podia julgar o livro pela capa, mas o pedido era para ser que ele seja ensinado a dançar de forma sexy, então ela poderia ter alguma duvida.


- Bem, para começar, uma explicação básica. Um homem não tem muita ação com base em danças, principalmente as sexys, pois a masculinidade não permite que ele solte seu corpo. A diferença de um homem para uma mulher em danças é que nós mulheres temos seios e quadris para movimentar durante todo o processo da dança e isso instiga o homem. Já vocês apenas possuem o quadril, sendo assim se torna mais difícil chamar a atenção, porém isso é resolvido com um simples fator. Treino. –



E então, primeiramente, Kuroka testou sua flexibilidade e movimentos, eram perfeitos para o corpo dele, mas ele tinha vergonha de se balançar ou mover na frente de Kuroka, mas o fato é que ele não quer trair sua namorada e nem sua confiança, por isso se torna difícil, mas ele estava se soltando, aos poucos. Um, dos poucos, fatos bons era que ele possuía um quadril mole e pernas torneadas e, isso facilitou e muito. Kuroka não precisou dançar para que ele entrasse no ritmo dos ensinamentos e em apenas quatro horas ele estava dançando como um dançarino de dança do ventre profissional, logo Kuroka sorriu e pegou sua recompensa, dessa vez boa, e saiu da casa do garoto. Ela o deixou com uma lista de movimentos e musicas. Ela foi embora, pois a namorada, a qual ele quer surpreender com a dança sexy, é muito ciumenta e com Kuroka e seu, belos e grandes, seios, na casa dele, ela iria pirar e terminar com ele. Então a garota teve que sair o mais rápido possível, mas completou o que havia vindo fazer. 

_________________
avatar
Kuroka Toujou
Rank Médio
Rank Médio

Mensagens : 26
Data de inscrição : 09/01/2015

Ficha do personagem
HP:
2000/2000  (2000/2000)
MP:
2000/2000  (2000/2000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Simon Stilinski em Qui Jan 15, 2015 9:57 pm

APP:
250,00 + 20,00 = 270,00 Yens

_________________
Sacrifícios são necessários para concretizar o bem maior, mesmo que venda sua alma.

Simon Stilinski
avatar
Simon Stilinski
Rank Médio
Rank Médio

Mensagens : 151
Data de inscrição : 24/12/2014

Ficha do personagem
HP:
2000/2000  (2000/2000)
MP:
2000/2000  (2000/2000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Kaito Toujou em Sex Maio 15, 2015 11:48 pm

Pedido: Achar o gatinho de uma mulher, o Bola de Neve. Acredita-se que ele foi espantado por um cachorro vira-lata, e não estaria muito longe.
Número de linhas: 15
Recompensa: 200,00 ¥

Kaito Toujou, um Youkai de cabelos azuis escuros, com seu kimono preto, geralmente usado em "missões", acabara de sair de sua casa em Kuoh City e tinha pego a carta de seu primeiro pedido. Sorrindo, ele abre a carta, e se surpreende com a facilidade do pedido.

§ Me ajude! Sou Ayumi Tamiishi, uma moradora de Kyoto (falando nisso, meu endereço é ------) e perdi meu gatinho Bola de Neve! Você é um homem-gato, deve saber onde ele foi parar! §

Ele dá uma risadinha lendo os dizeres "homem-gato". Então ele parte para Kyoto, chegando rapidamente lá com seu "Parkour" característico, e logo chega no endereço da mulher, então ele bate na porta três vezes. A mulher abre, ele achara que era uma senhora velhinha, mas era uma mulher bonita com um corpão sexy. Ela logo diz:

- Obrigada por ter vindo tão rápido! Tome a recompensa já, pois sei que vai trazer rapidamente meu gatinho! Então, ele foi...

- Não precisa dizer mais nada. Aliás, eu já vejo ele daqui! Só vou ir lá pegá-lo e trazê-lo aqui, senhorita!

Kaito logo pula, de telhado em telhado, e chega na esquina da frente, em que o gato estava em cima de uma lata de lixo fechada feita de metal. Logo, ele pega o gato, e vai andando até a casa. Chegando lá, ele entrega o gato branquinho para a senhorita, a senhorita pega o gatinho e agradece, logo, o jovem Youkai sorri gentilmente e sai, feliz por ter completado o seu primeiro pedido com sucesso. Ele chega em casa, abre a porta, entra em sua humilde residência e entra.


Última edição por Kaito Toujou em Sab Maio 16, 2015 12:05 am, editado 1 vez(es)
avatar
Kaito Toujou
Rank Baixo
Rank Baixo

Mensagens : 10
Data de inscrição : 14/05/2015
Idade : 22
Localização : Kuoh City

Ficha do personagem
HP:
1000/1000  (1000/1000)
MP:
1000/1000  (1000/1000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Kira Drakensan em Sex Maio 15, 2015 11:59 pm

APROVADO!
200 ¥ +30 ¥ (Acréscimo)=230,00 ¥
avatar
Kira Drakensan
Rank Baixo
Rank Baixo

Mensagens : 224
Data de inscrição : 18/04/2015
Idade : 18
Localização : Submundo

Ficha do personagem
HP:
1500/1500  (1500/1500)
MP:
1500/1500  (1500/1500)

Ver perfil do usuário http://p-start.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Sasha em Seg Maio 18, 2015 11:10 pm

Pedido: Um menino de 16 anos está desesperado, pois está tirando notas muito baixas, e pediu para você o ajudá-lo. Ele deve estar em sua casa nas residências de Kyoto, estudando desesperadamente.
Linhas: 17
Recompensa: 200,00 ¥


Era uma tarde comum de tempo ensolarado e com poucas nuvens, havia um vento calmo, uma brisa que chacoalhava e balançava as folhas da árvore onde Vladi estava descansando embaixo de sua sombra sonhando com coisas que não entende o significado. Abre o olho esquerdo e avista nada, nenhuma movimentação de pessoas por perto então volta a dormir.

Pouco tempo depois é acordado repentinamente, pois havia recebido seu primeiro pedido, trabalho, chame como quiser, seu objetivo era ir até uma casa na área residencial de Kyoto e o resto saberia quando chegasse lá, logo, parte a andar em direção a tal local com passos lentos e preguiçosos, estado atual do recém-acordado.

Levou cerca de 20 minutos para chegar à frente da porta do pedinte, porque o mesmo estava relativamente perto desta ala da cidade, bateu na porá *Tok Tok* e em seguida um rapaz apressado atende e Híbrido diz.

- Estou aqui para atender o seu pedido. Disse cordialmente, mas no fundo estava sendo sarcástico com o garoto.

Vladi adentra na casa rapidamente a pedido do jovem que estava transtornado, desesperado, porque estava tirando notas baixas em algumas matérias da escola, correndo o risco de reprovação e repetição de ano.

- ... – O meio Anjo Caído suspiro – Então, quais matérias você precisa melhorar?
- Química, Física, Matemática. Respondeu o rapaz.
- Deixe-me ver os cadernos dessas matérias.

O jovem rapaz entrega os cadernos suando frio a Vladi que rapidamente começa a dar revisada no conteúdo já que não se lembrava de nada e havia algo que tinha se formado do colegial.

- Vamos começar com Química.
O conteúdo era os Hidrocarbonetos, que compostos basicamente de C (Carbono) e H (Hidrogênio), mas havia de saber que depende a quantidade de carbonos o nome do composto muda.

- 1 C – Met, 2 C – Et, Prop – 3, But -4, etc... – Vladi explica sobre os prefixos que representam a quantidade de carbono que a fórmula pode possuir. – Lembre-se que um Carbono liga-se quatro vezes, então quando houver uma ligação dupla ou tripla irá diminuir as vezes que o Carbono liga-se a outro, exemplo ser um But-1-Eno (Eno – Sufixo para ligação dupla, Ino – sufixo para ligação tripla) há uma ligação dupla no C então a fórmula será H2C=CH-CH2-CH3.

O Híbrido fecha o caderno de química que já explicou o máximo e pega o de Física que surpreende-se ao ver o conteúdo, porque era o mais básico da física, a Velocidade.

- A Velocidade é simples, você acha o seu através da divisão entra a Distância percorrida pelo o tempo levado para chegar a tal distância. A velocidade pode ser tanto M/S (metros por segundos) ou Km/H (quilômetros por horas). As vezes a questão não possui a distância ou o tempo e dão a velocidade, então deve fazer a Regra de Três da Matemática (Conta em formato de X).

Novamente o caderno é fechado e o último é pegado, o caderno de matemática onde o conteúdo era a Trigonometria.

- Bem, a Trigonometria é basicamente o estudo dos triângulos retangulares. Ensinarei Pitágoras em relação a trigonometria, a sua fórmula é a²=b²+c², onde o A representa a hipotenusa que é a diagonal que a traça a metade do retângulo, B e C são os catetos ou os lados. Um exemplo de questão é a²=4²+3²= a²=16+9 = a²=25 = a= V25 = O valor da hipotenusa é 5.

Após horas e horas revisando esses conteúdos, passando exercícios, avaliando-os, Vladi vai embora tarde da noite, já de madrugada assegurando que o discípulo estaria preparando para o der e vier.
avatar
Sasha
Rank Médio
Rank Médio

Mensagens : 112
Data de inscrição : 15/05/2015
Idade : 19
Localização : Na PQP

Ficha do personagem
HP:
2500/2500  (2500/2500)
MP:
3200/3200  (3200/3200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Vlad Senri em Seg Maio 18, 2015 11:15 pm

Aprovado
avatar
Vlad Senri
Rank Alto
Rank Alto

Mensagens : 349
Data de inscrição : 05/08/2014

Ficha do personagem
HP:
3500/3500  (3500/3500)
MP:
3500/3500  (3500/3500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Kira Drakensan em Ter Maio 19, 2015 2:42 am

CONTINUAÇÃO DA CENA "UMA CONVERSA ENTRE RAÇAS"

[Celular] - Eu estou dentro da festa, eu vi o lugar do corpo, a família de Elena e 10 seguranças estão lá. Ao meu sinal, você desce a maca, é em uma mansão no final da rua.
avatar
Kira Drakensan
Rank Baixo
Rank Baixo

Mensagens : 224
Data de inscrição : 18/04/2015
Idade : 18
Localização : Submundo

Ficha do personagem
HP:
1500/1500  (1500/1500)
MP:
1500/1500  (1500/1500)

Ver perfil do usuário http://p-start.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Iosef Ulianov em Ter Maio 19, 2015 2:42 am

OFF -  pra quem quiser ver como viemos parar aqui, ver o prédio de entrada da academia Kuoh
OFF² - buguei aqui

–Ok! Esperando o sinal, estou em posição.
avatar
Iosef Ulianov
Rank Baixo
Rank Baixo

Mensagens : 60
Data de inscrição : 21/04/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
HP:
1500/1500  (1500/1500)
MP:
1500/1500  (1500/1500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Kira Drakensan em Ter Maio 19, 2015 2:49 am

[celular] - Estou aqui. Espere o meu sinal... Espere... Espere... E... *Sons de tiros a de algo grudando no teto* 3... 2... 1... BOOYAH! *som de explosão* esse "é meu sinal"!
avatar
Kira Drakensan
Rank Baixo
Rank Baixo

Mensagens : 224
Data de inscrição : 18/04/2015
Idade : 18
Localização : Submundo

Ficha do personagem
HP:
1500/1500  (1500/1500)
MP:
1500/1500  (1500/1500)

Ver perfil do usuário http://p-start.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Iosef Ulianov em Ter Maio 19, 2015 3:39 am

OFF - desculpa a demora, esqueci de ligar as notificações e não vi que tinha post novo aqui x-x

–Blackbird descendo! Vamos, caregue minha esposa logo pra podermos sair daqui!
avatar
Iosef Ulianov
Rank Baixo
Rank Baixo

Mensagens : 60
Data de inscrição : 21/04/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
HP:
1500/1500  (1500/1500)
MP:
1500/1500  (1500/1500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Kira Drakensan em Ter Maio 19, 2015 4:22 am

Logo Kira colocava o corpo de Elena na maca, amarrou-a e subiu, logo ele faria sinal para fazer a maca subir.
avatar
Kira Drakensan
Rank Baixo
Rank Baixo

Mensagens : 224
Data de inscrição : 18/04/2015
Idade : 18
Localização : Submundo

Ficha do personagem
HP:
1500/1500  (1500/1500)
MP:
1500/1500  (1500/1500)

Ver perfil do usuário http://p-start.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Iosef Ulianov em Ter Maio 19, 2015 4:34 am

Iosef rapidamente sobe a maca e dá meia volta com o helicóptero, enquanto grita como se tivesse acabado de ganhar na loteria:

Ha! Como essa sensação é boa! Próxima parada, teto da academia Kuoh! A Ulianov Airlines agradeçe sua preferência!
avatar
Iosef Ulianov
Rank Baixo
Rank Baixo

Mensagens : 60
Data de inscrição : 21/04/2015
Idade : 19

Ficha do personagem
HP:
1500/1500  (1500/1500)
MP:
1500/1500  (1500/1500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Área residencial de Kyoto

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum